Promovol Eventos Esportivos: sao-paulo-e-surpreendido-pelo
Cadastre-se e receba novidades de Promovol Eventos

São Paulo é surpreendido pelo Colón no Morumbi e se complica na Copa Sul-Americana

São Paulo é surpreendido pelo Colón no Morumbi e se complica na Copa Sul-Americana

O JOGO
O São Paulo sofreu um duro golpe na briga pelo seu segundo título da Copa Sul-Americana. Mesmo sem fazer uma grande atuação, o Tricolor pressionou muito, criou chances, mas levou um gol aos 34 minutos do segundo tempo e perdeu por 1 a 0 para o Colón, nesta quinta-feira, no Morumbi, pela segunda fase da competição. No fim, já bastante nervoso, o time perdeu o garoto Brenner, expulso .

E AGORA?
Para avançar, ainda contando com o critério do gol fora de casa, o São Paulo precisa vencer marcando pelo menos duas vezes (2 a 1 ou 3 a 2, por exemplo). Se fizer 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Os argentinos jogam pelo empate. O segundo jogo está marcado para o dia 16 de agosto, em Santa Fe, na Argentina.

PRIMEIRO TEMPO
A retranca do Colón fez o São Paulo ter muita dificuldade para criar no ataque. E a atuação do Tricolor também não foi das melhores. Lento nas trocas de passes, o time dirigido por Diego Aguirre facilitou a marcação e exagerou nos cruzamentos. Em um deles, aos 28, a equipe teve a melhor chance, mas Rojas bateu para fora ao tentar pegar de primeira. Everton e Bruno Peres também levaram certo perigo em finalizações para fora. Os argentinos, satisfeitíssimos com o empate, só atacaram aos 44. Livre na pequena área, Godoy perdeu grande oportunidade após cobrança de escanteio. A bola ainda raspou no travessão.

SEGUNDO TEMPO
Aguirre empurrou o São Paulo ainda mais para dentro do campo do Colón na etapa final. O Tricolor continuou com o controle da partida, mas ainda muito previsível na troca de passes e no excessivo número de cruzamentos. Hudson, aos três, avançou e quase marcou em chute que passou perto da trave. Aos 21, em saída errada do goleiro Burián, Bruno Alves acertou o travessão. O castigo veio ao 34. Fritzler pegou rebote fora da área e soltou uma bomba. A bola desviou em Hudson e entrou no ângulo direito de Jean. A desvantagem desestabilizou o São Paulo. Diego Souza poderia ter sido expulso ao dar um chute em um adversário. Brenner se revoltou com uma falta, empurrou um rival e recebeu cartão vermelho. E o futuro do Tricolor na Copa Sul-Americana está ameaçado...

MUDANÇAS
Assim como cogitou na entrevista coletiva de terça-feira, o técnico Diego Aguirre preservou alguns jogadores do São Paulo por conta do desgaste físico. A principal alteração foi a saída do goleiro Sidão para a entrada de Jean. Arboleda, que sofreu um acidente na madrugada da última segunda-feira, também não jogou e abriu espaço para Bruno Alves. Já Liziero sequer ficou no banco. Bruno Peres atuou pela primeira vez como titular na posição de volante.

DESCONTROLE
Alguns jogadores do São Paulo mostraram muita irritação, principalmente depois de sofrer o gol no segundo tempo. Diego Souza só não foi expulso porque o trio de arbitragem não viu o chute que ele acertou em um adversário no meio de campo (assista abaixo). Nos acréscimos, Brenner empurrou um jogador do Colón após sofrer uma falta e recebeu cartão vermelho.

NO BRASILEIRÃO...
O São Paulo agora volta a se concentrar na busca pela liderança do Campeonato Brasileiro. Dois pontos abaixo do Flamengo, o Tricolor recebe o Vasco, domingo, às 16h, no Morumbi.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/sp

Apoio / Parceiros

Sobre a Promovol

Todos os direitos reservados a Promovoleventos.com.br