Cadastre-se e receba novidades de Promovol Eventos

Palmeiras vence Colo-Colo no Chile e fica perto da semifinal da Libertadores

Palmeiras vence Colo-Colo no Chile e fica perto da semifinal da Libertadores

VERDÃO (BEM) NA FRENTE
O Palmeiras venceu o Colo-Colo por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, no estádio Monumental, em Santiago, e ficou perto da semifinal da Libertadores. No primeiro tempo em que mais atacou, o Verdão saiu na frente com um gol de Bruno Henrique. No segundo, defendendo-se na maior parte do tempo, aumentou a vantagem com Dudu. 

JOGO DE VOLTA
Palmeiras e Colo-Colo voltam a se enfrentar no dia 3 de outubro, na arena alviverde, pelas quartas de final. O Verdão pode até perder por um gol de diferença, enquanto o time chileno precisa vencer por dois – se devolver o 2 a 0, a decisão vai para os pênaltis. No mata-mata da Libertadores, gol fora de casa vale como critério de desempate.

VOLANTE-ARTILHEIRO
Bruno Henrique fez o terceiro gol na Libertadores deste ano. Os outros dois tinham sido marcados na estreia, na Colômbia, na vitória por 3 a 0 sobre o Junior Barranquilla.

DUDU GARANTE VERDÃO FORASTEIRO
O gol do atacante no segundo tempo, que garantiu o resultado positivo em Santiago, fez o Palmeiras se tornar o primeiro time brasileiro a somar vitórias em seis países diferentes numa mesma edição da Libertadores. Antes do Chile, o Verdão tinha vencido na Colômbia, na Argentina, no Peru e no Paraguai – 100% como visitante em 2018.

VAR NA ÁREA
Aos 8 minutos do segundo tempo, uma bola chutada por Valdivia desviou em Mayke dentro da área. Antes da cobrança do escanteio, o juiz Andres Cunha foi chamado pelo árbitro de vídeo para rever o lance. Depois de assistir a três replays, o uruguaio voltou ao campo e confirmou o escanteio marcado anteriormente. Nos acréscimos da etapa ginal, Pérez deu um carrinho em Mayke e, depois de o VAR ser novamente consultado, foi expulso.

PASSE DE MÁGICA
No primeiro tempo, o ex-palmeirense Valdivia deu um drible desconcertante em Bruno Henrique: com um toque de calcanhar, o Mago passou a bola por baixo das pernas do volante.

OLHA O OVNI
Uma garrafa de água foi arremessada no campo durante o primeiro tempo. Edu Dracena a mostrou ao árbitro, e a torcida do Colo-Colo vaiou a atitude da própria arquibancada. O objeto foi entregue ao delegado da partida.

"NO, NO, NO"
Borja foi substituído por Jean aos 18 do segundo tempo. Depois de sair com cara feia, o colombiano sentou-se no banco de reservas falando consigo mesmo, antes de jogar uma garrafa de água no chão. Ou não gostou da substituição de Felipão ou estava insatisfeito com a própria atuação... Depois do jogo, ainda em campo, o atacante ouviu o técnico e, no vestiário, se explicou.

PRIMEIRO TEMPO
Mesmo fora de casa, o Palmeiras começou com tudo, encurralando o Colo-Colo no campo de defesa. Aos 2 minutos, dentro da área, Moisés rolou a bola para trás, e Bruno Henrique abriu o placar. Alternando momentos de pressão na frente com troca de passes no meio de campo, o Verdão manteve-se no comando do jogo: Dudu chutou duas vezes da entrada da área, uma nas mãos de Orion e outra por cima. Com o passar do tempo, os mandantes passaram a se lançar mais para o ataque, principalmente com Valdivia tentando conduzir a bola até a área, sofrendo várias faltas. Mesmo assim, o gol de Weverton só foi ameaçado aos 42, em cobrança de falta de Baeza, em que Barroso desperdiçou o rebote.

SEGUNDO TEMPO
O Colo-Colo partiu para o ataque desde o início da etapa final. Recuado, o Palmeiras se segurou de todas as maneiras. As melhores chances para o empate saíram em chute de Carmona e cabeçada de Barrios. Os jogadores chilenos pediram o VAR duas vezes, quando Paredes caiu na área e quando a bola bateu em Mayke – somente no segundo lance o juiz foi verificar o lance no monitor ao lado do campo, e não marcou o pênalti. Felipão fechou o Verdão com Jean e Gómez, passando a jogar com três zagueiro e sem centroavante, mas o perigo chileno continuava. Até que, aos 32, na segunda chance que teve em contra-ataque, Dudu fez o segundo gol alviverde. Nos acréscimos, também com o auxílio do VAR, Pérez foi expulso.

OUTRAS COMPETIÇÕES
No domingo, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras enfrenta o Sport na Ilha do Retiro. Na quarta-feira, no Mineirão, o Verdão decide a semifinal da Copa do Brasil com o Cruzeiro, que tem vantagem de 1 a 0 e joga pelo empate – gol fora de casa não é critério de desempate no torneio nacional.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/sp

Apoio / Parceiros

Sobre a Promovol

Todos os direitos reservados a Promovoleventos.com.br